Empresas de TV à Cabo planejam ataque a Netflix


Está claro que a Netflix é um sucesso em todo o mundo, e isso deixa as empresas de TV à cabo cada vez mais fracas. Estimam-se que, nos últimos 18 meses, as empresas de TV por assinatura perderam mais de um milhão de assinantes, que foram para a Netflix ou para sistemas piratas de TV, como o famoso Z-Box e outros aparelhos. Por causa disso, as empresas de TV à cabo estão planejando um ataque a Netflix.

Eles estão exigindo que a Netflix pague e cobre de seus assinantes algumas taxas como:

  • Querem que a Agência Nacional do Cinema (Ancine) cobre da Netflix o pagamento da Contribuição para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica Nacional (Condicine) – taxa que gira em torno de R$ 3 mil por cada filme do catálogo
  • Querem que o governo obrigue a Netflix a ter pelo menos 20% de produção nacional em seu inventário
  • Defendem que todos os estados da federação passem a cobrar ICMs das assinaturas – ou seja, dos clientes
  • Estudam uma forma de cobrar ou da Netflix ou dos assinantes de banda larga uma taxa "extra" quando o cliente usar streaming; a justificativa é que o serviço "consome muita banda larga"
Mesmo parecendo que a Netflix já ganhou esta guerra, pode parecer mais complicado do que parece. A maior produtora que produtos nacionais é o Grupo Globo, que tem mais de 34 canais de TV à Cabo, e isso pode interferir, e muito, no sistema da Netflix e acabaria obrigando a empresa a ter 20% de produção nacional em seu catálogo. 


Os números comprovam o motivo pelo qual as operadoras de TV por assinatura querem frear o crescimento do Netflix e prejudicar o serviço. Em dezembro de 2014, as empresas nacionais possuíam quase 20 milhões de assinantes em território nacional. No mesmo mês de 2015, esse número havia caído para quase 19 milhões.

Quanto ao preço, também há motivos para preocupação por parte das operadoras: enquanto elas cobram pacotes que variam de R$ 70 a mais de R$ 300 (a média nacional de mensalidade estimada por assinante é de R$ 166), a Netflix oferece filmes, séries e documentários cobrando de R$ 19,90 a R$ 29,90, disponibilizando ainda qualidade HD. Será que as empresas de TV por assinatura vão conseguir ganhar essa "guerra"?

Empresas de TV à Cabo planejam ataque a Netflix Empresas de TV à Cabo planejam ataque a Netflix Reviewed by Maurício Junio on 11:17:00 Rating: 5

Comente com o Facebook:

Tecnologia do Blogger.