ONG contra corrupção pede que Leonardo DiCaprio devolva seu cachê de "O Lobo de Wall Street"


A ONG Transparency Internacional, uma das mais famosas que luta contra a corrupção, pediu que, caso seja comprovado que a produtora Red Granite Pictures esteja envolvida em esquemas de corrupção, o ator Leonardo DiCaprio devolvesse o seu cachê pelo trabalho em O Lobo de Wall Street.

A denúncia contra a produtora do filme foi oficializada em julho pelo Departamento de Justiça dos EUA, afirmando que bilhões de dólares foram desviados de um fundo do governo da Malásia, financiando imóveis, obras de arte e o próprio filme. O ator se manifestou pela primeira vez em outubro, dizendo que devolveria qualquer dinheiro que tivesse ligação com a corrupção.

Entre os nomes investigados, estão os produtores Joey McFarland e Riza Aziz, que é enteado do primeiro ministro da Malásia, Najib Razak. Por enquanto, não há detalhes se o ator sabia das práticas, algo que poderia lhe render problemas na justiça também.

Além deste escândalo, o ator será obrigado a testemunhar em um processo aberto por Andrew GreeneGreene está processando a Paramount Pictures, Red Granite Pictures, a Appian Way Productions (de DiCaprio) e a Sikelia Productions pelo personagem Nicky "Rugrat" Koskoff, interpretado por P.J. Byrne, que seria baseado nele.

Novas informações a respeito da investigação devem ser reveladas nas próximas semanas.
ONG contra corrupção pede que Leonardo DiCaprio devolva seu cachê de "O Lobo de Wall Street" ONG contra corrupção pede que Leonardo DiCaprio devolva seu cachê de "O Lobo de Wall Street" Reviewed by Maurício Junio on 07:01:00 Rating: 5

Comente com o Facebook:

Tecnologia do Blogger.